Abril

Os primeiros dias foram doloridos,
perdi o ar,
pensei que nem fossem
passar.
Mas aí, eles passaram, tudo ficou mais leve, e aqui estou.
Nem senti.
Então me pergunto: não senti porque vivi plenamente?
Ou apenas porque me desliguei e segui?
Viver é isso, Clarice?
Anúncios

Autor: Carolda

Carolina. Canhota, 32, já vivi outras vidas em castelos.

18 comentários em “Abril”

  1. E lá vem a dúvida, o tempo passa porque não notamos ou porque nem sequer vemos ele passar por termos vivido plenamente. É.Nem sei :/ bj

  2. E então lá vem você escrever, eu leio e fico aqui pensando. O que será que aconteceu? E então quase ao mesmo tempo concluo que com você o importante são as palavras, independente do que estiver por trás. E comento: se tudo ficou mais leve, é porque passou e o sentimento foi de ter vivido.

  3. Ah meu abril foi bem assim. Eu paro pra pensar nele e aí… Ok, sobrevivi. Passei de fase mas… O quê mais?! É louco. Rsrsrs…
    Boa sorte a nós e que venha maio. Haha

  4. Quando a gente vive, o tempo passa mais depressa. E quando a gente se desliga, o tempo demora a passar. É isso? Agora me confundi. rs
    Viver é muito melhor. A gente nem sente o tempo passar.

    Um beijo.

  5. O meu Abril também foi assim, no começo foi bem dolorido, em particular o dia 19. Mais agora que ele está indo embora, a dor está amenizando.

    Beijos.

  6. Talvez você não tenha sentido por que seguiu em frente mesmo. As vezes olhar p/ frente é o melhor analgésico. Se Clarice responder me avisa tá? ahuahauh
    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s