Merda

O primeiro rascunho de qualquer coisa é merda.”
Hemingway
Não sei quanto ao resto do mundo, mas depois que li isso, me senti mais leve… livre. 
Livre para sentar e escrever minhas merdas. 
Anúncios

Autor: Carolda

Carolina. Canhota, 32, já vivi outras vidas em castelos.

15 comentários em “Merda”

  1. Tenho uma gaveta cheia de “merdas” que não consigo arrumar.

    Mas o milésimo rascunho também é merda. Tudo sempre é para o senso crítico da gente.

  2. Oiii..tudo bem?
    É tão bom quando venho aqui, sempre encontro textos que me fazem refletir, pensar e até suspirar..rs
    excelente post…amei!

    tenha um bom fim de semana, abraços carinhos.
    Bjos no coração.

  3. Hahahaha. É complicado, aí. Porque, no meu caso, não acho só os primeiros rascunhos merdas. Acho até os originais. Mas sabe da melhor parte? Merdas por merdas, gosto de algumas das minhas. (:

    E sim, realmente é um consolo.

    Beijo, queridona.

  4. Você sabe que eu posso escrever e reescrever coisas que no fim das contas eu sempre acho que o que eu escrevi da primeira vez foi melhor? Talvez eu tenha uma queda por merdas então né? rs

    Eu fiz um meme e indiquei você, ta? Não sei se faz seu tipo nem se é a sua cara, e se você achar que não tem nada a ver também tá beleza. 😉

    Beijo.

  5. O problema é que, no meu caso, muitas vezes é difícil desfazer a merda pra tornar o que escrevo algo agradável…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s