Aquele abraço

Distraída em meio aos meus pensamentos, ainda meio perdida e com sono, virei meus olhos e me assustei. Nem estava pensando em você.
Oh, só fui te ver agora…
ganhei um abraço tão forte que até perdi o rumo. Um abraço que nem precisei ir buscar.
Fiquei leve, levinha.
E sabe, não me importo que você roube meu rumo assim novamente… no meio dessa perdição eu acabo me encontrando. Encontro tanto que tenho vontade de me perder de novo. Só pra você me achar, me abraçar e eu poder me esquecer por aí.
Me perder em você me faz bem e eu sou tão eu que quase não me reconheço.

E cá estou eu toda amor. Toda abraço. Toda eu.

Anúncios

Autor: Carolda

Carolina. Canhota, 32, já vivi outras vidas em castelos.

22 comentários em “Aquele abraço”

  1. “Encontro tanto que tenho vontade de me perder de novo. Só pra você me achar, me abraçar e eu poder me esquecer por aí.”

    Ficou perfeito! 🙂

  2. Ai, deu vontade de ganhar um abraço desses agora. Mas vou ter que esperar até de noite para me desnortear assim… Ai, ai! MUITO BOM!

    Saudade de vir aqui! Beijão!

  3. tá….
    mas não é minha culpa.
    e não me agrada que a gente só converse pelo blog.
    eu não sei

    deveria ser diferente, mas não tem muita coisa que gente possa fazer. saudaes btw [2]~.

  4. Ai que lindo!
    Eu quero um abraço desses para me encontrar, mas nem sei se ele quer me dar isso. Desse jeito eu me perderia com muito prazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s