Qualquer coisa

Daí que eu decidi não sentir mais você. Digo, não sei se decidi, mas há mais de uma semana que você não invade meu pensamento como sempre fez nesses últimos 2 fucking anos e mais alguns meses. Só pensei em você quando eu quis. Quando, perdida em meio aos meus novos pensamentos e sensações, me lembrei de algo que sentia e me deixava leve e puta e feliz e qualquer coisa; me lembrei que esse algo era você. Outro algo, qualquer coisa, aqui dentro de mim já vinha crescendo e dizendo pra eu deixar tudo de lado há muito tempo, mas minha teimosia não deixou. E talvez ainda não deixe. A vontade de mergulhar fundo em outro é grande, muito grande. Mas aí vem a minha teimosia qualquer coisa e estraga tudo. Essa minha mania de querer ter tudo, até a última gota, pra só então deixar de lado. Há muito tempo eu ouço Dave Grohl cantar que the time has come to wash you away e me empolgo com seus gritos e tenho vontade de te mandar ir à merda. Você e tudo isso que sinto.
Amar de longe e ficar em possibilidades já deu. Cansei. Cansei de mim. Desse jeito que me fechei pra qualquer outra coisa. Não é culpa sua. Na verdade você nem tem nada com isso. Eu só senti tudo porque eu quis, ninguém me obrigou a nada. É, cansei. Cansei de falar sozinha, de não ter nenhum retorno imediato. Uma reação, um olhar, algumas palavras. Cansei cansei cansei. De tudo. E principalmente de qualquer coisa.
Anúncios

Autor: Carolda

Carolina. Canhota, 32, já vivi outras vidas em castelos.

5 comentários em “Qualquer coisa”

  1. Acho que é melhor quando a mente decide por si só parar de pensar no assunto maldito, porque se a gente tenta forçar… fracasso na certa!

  2. Ah, acontece! Mas já é um super avanço vc ter o controle do pensamento! Muito melhor pensar só quando quer, do que sofrer com aquilo vindo na sua cabeça sem vc ao menos desejar…
    beijos!

  3. Seria tão bom se a gente tivesse um botãozinho no coração, não é flor? Aí seria muito fácil, era só apertar o botão 'desliga' e na mesma hora parar de gostar de alguém. Só que as coisas são bem diferentes na vida real.

    A gente, por mais que tente, não consegue parar de gostar assim de uma hora pra outra, e a dor é uma companhia constante :/

    Porém com o tempo, a lembrança vai se apagando aos poucos, estou igualzinha a você, só lembro quando eu quero, consigo passar dias sem pensar nele (: Só que basta vê-lo para todas aquelas sensações voltarem!

    “Essa minha mania de querer ter tudo, até a última gota, pra só então deixar de lado. “

    eu também sou assim, eu crio esperanças demais, creio que um 'não' nu e cru seria melhor que um suposto silêncio que poderá ser apenas expectativas frustadas.

    A distância é algo muuuuito ruim, porém quem sabe um dia vocês estejam mais perto, não é? Antes que a gente se dê conta, a vida dá voltas. Então de nada de pensamentos pessimistas.

    E embora você possas estar cansada de tudo, essa tempestade vai passar e sol vai brilhar para você. Ele pode até te trazer um novo amor verdadeiro. Não custa nada sonhar.

    ps: Não liga que eu tô meio sentimental hoje, tá? hehe
    ps²: adoro o que você escreve, amiga.
    ps³: Obrigada por todo o carinho lá no meu blog.

    Beijo Carolzinha linda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s